sexta-feira, 29 de junho de 2012

EU, ALUNA DA UNIFESP E A GREVE


             Diante dos acontecimentos, greve das Instituições e Universidades Federais chegando a 90% de adesão, de professores, estudantes e técnicos-administrativos; ocupações, prisões e muita discussão, e como aluna de Serviço Social, da Unifesp, campus Baixada Santista, senti necessidade de expor minha opinião.
             O Centro Academico Unificado teima em falar em nome dos estudantes da instiutição, e isso não é verdade... podem se referir à maioria que participa da Assembléias, o que também não configura a maioria dos estudantes. Não tenho ido à essas assembléias, primeiro por ter tido problemas de saúde no início e agora por já conhecer a posição da maioria que participa, logo, meu voto não vai alterar resultado algum.
              Deixo claro que apóio a greve, e creio que esta é a hora de parar e mostrar a precarização do ensino, desmascarar o Reuni e praticar minha cidadania.
              O que me incomoda são algumas atitudes e todas as suas já conhecidas justificativas.
              Não concordo com invasões de reitoria, pichações e xingamentos. Atos de vandalismo que reforçam a falta de maturidade para conduzir uma manifestação tão relevante para a população e que de nada servem para resolver qualquer situação.
             Outra coisa que me incomoda é ver o preconceito quanto à segurança da Universidade, porque ser diferenciada da população ? O que faz um membro dessas instutições diferente dos outros  ao ser violentado ?
             Eu ouvi, (no video que fizeram, postado no facebook, da confusão no Campus Guarulhos) uma voz feminina gritando "covarde" para os policiais; vi policiais sendo provocados por estudantes entoando frases falando "que vergonha...etc... etc". Por que provocar os policiais, que estavam lá trabalhando, pois são trabalhadores, sim ! são trabalhadores, pais de família, e foram chamados para estarem lá ! Para quem deveriam estar entoando o protesto ?
Tenho vergonha das pessoas que usam seus cargos para roubar o direito à uma vida digna, desviando verbas, negligenciando a administração do dinheiro público, corrompendo, se omitindo, covardemente, das responsabilidades sociais.
             Por fim, a última coisa que me incomoda é a comparação com o tempo da ditadura militar... no mínimo é um desrespeito à quem viveu, sofreu e combateu a crueldade desse regime.

Inicio a campanha para quem gosta : Piche o seu muro, sua casa, com aquilo que você acredita !

               Existe muita sabedoria, muito conhecimento, esparramados na rua, na cadeira de balanço, no leito de um hospital, no banco de igreja, nas rugas da face, nos calos das mãos, no coração de mãe, etc, etc, etc...

" Aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito. É uma tentativa de colonização do outro." Saramago

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

REENCONTRO É PRECISO



A felicidade está nas pequenas coisas que nos fazem felizes.

Hoje encontrei pessoas queridas que não posso mais encontrar com a frequencia de antes, mas que marcaram minha vida com sua alegria e amizade.
A internet ajuda essa aproximação virtual, faz-nos crer que as pessoas "estão logo ali", ler quase que diariamente o que "estão pensando", o que acontece, ou não, em suas vidas, esconde a distância, tempera a saudade e nos mantem "conectados", até mesmo sem querer... mas nada substitui um abraço amigo, conversas cruzadas, olhares e risos.
Foram algumas horas apenas, mas que se eternizaram na alma, horas que são integralmente cheias de carinho e sorrisos, pensando bem, esses minutos valem muito mais que dias de rotina.
Não espero um dia inteiro de boas notícias, mas aproveito cada segundo desses encontros, para calibrar a vida e continuar na caminhada.
Sigamos em frente que o ano já começou !!!!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Primeiro, Segundo e Terceiro Semestre


Quase um ano se passou e nenhuma palavra... confesso que tentei... mas nem cheguei a entrar no blog.
Foi um ano muito novo, entrei na faculdade, assim meio no susto, já sonhando outro sonho, passei e foram passados muitos dias estudando, lendo, fazendo trabalho, pesquisando e mais que tudo isso, me adaptando à nova realidade, estudante !
Feliz por ter conseguido, morri de medo na primeira semana dos calouros, passou...
Primeira semana de aula, finalmente ia conhecer meus colegas de turma, mais medo, passou...
Primeiras leituras, primeiros trabalhos em grupo, pavor ! Passou...

Primeiras férias, alívio de ter passado pelo primeiro semestre, mas passou muuuuito rápido !
Segundo semestre, finalmente adaptada, primeira paralização da Unifesp ! Passou...
Segundo semestre retomado, mas desta vez, nada passava, fui me arrastando até o final, desanimei, reanimei, quase desisiti, persisti, e finalmente passou mais um semestre !

Não quero mais ficar tanto tempo assim sem escrever, preciso deste cantinho, contar aquilo que me impressionou, emocionou, ou simplesmente o que me fez pensar um pouco mais no sentido da vida.

Voltando prá casa, cansada, via o dia assim, passando, se pondo...  mas vou aprendendo... e até que o sol se ponha, no primeiro dia de aula, do segundo ano, não deixarei de fazer, o que me dá prazer, nesse terceiro semestre !


quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

MAIS UM ANO, INDO E VINDO


Foi um ano de muitos desafios : casa nova... cidade nova... vida nova, mas com família e amigos distantes.
Foi um ano que começou do zero e termina sem arrependimento, muuuuuuitos amigos e mil planos !
Foi um ano de conquistas, dominar a timidez, a ansiedade e a saudade. (*ai*)
Foi um ano triste com mortes e doenças, mas alegre na solidariedade.
É assim... quando você acha que sabe de amor, perde a esperança, escorrega nas lembranças, depois retoma a caminhada, mesmo em lágrimas, em profunda teimosia, com o olhar altivo, só para não se distrair vendo o coração sangrando... e continua, e brinca, e sorri e no fim aprende mais uma lição, cresce, se fortalece, floresce...
Será um marco, como serão todos os anos, iniciar o ano novo com mais sonhos.
Está sendo um final de ano, ótimo, porque no meio do caminho, havia uma pedra, depois outra, mais duas, várias pedras preciosas que enfeitaram cada passo desse começo difícil, iluminaram, conduziram e hoje estão guardadas no céu da minha janela, como estrelas, com outros tantos amigos que me mostraram como seguir em frente.
Será mais um ano cheio de alegria, emoções e carinho, porque daqui, aprendi a fazer da distância uma desculpa para o reencontro.
Obrigado a meus amigos de longas caminhadas pela presença constante; aos meus amigos corredores que me ajudaram a não desanimar e me apresentaram novos amigos, novos desafios; à minha família pela compreensão da minha ausência e a Jesus que me mantinha (e mantem) ligada à vocês...
Espero em 2011 retribuir todas as alegrias que vocês me deram !

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

E MINHAS DAMINHAS VIRARAM NOIVAS...


Lindinhas... coincidentemente este ano as duas se transformaram em noivas !
A Suzana, casou em julho e a Fernanda vai casar amanhã !
Eu só queria compartilhar com meus amigos minha alegria e emoção por este momento.
É muito gostoso olhar para trás e ir percorrendo o caminho até aqui e sentir que elas mudaram (e eu também), cresceram e estão felizes !!!

Infelizmente não tenho a foto da Suzana de noiva, e nem atualmente, fico devendo...mas tenho da Fernandinha, no civil. Só me resta desejar que o novo caminho das duas sejam um lindo arco-íris, com um pote cheio de realizações no final ! Obrigada por terem me emprestado seus brilhos num dia tão especial para mim !!!

domingo, 26 de setembro de 2010

ANTIGOS E NOVOS



Hoje sobrou um tempinho para escrever... Gostaria de fazer como meus amigos que a cada semana escrevem e compartilham seus sentimentos, mas essa hora ainda não chegou, tenho pouca paciência, ficar muito tempo sentada na frente do computador me dói as costas... hehehe ...
Mas vale um comentário, mesmo pequeno, para compartilhar dois momentos consecutivos que me deram muita alegria e renovação.
Num domingo fui correr a 1/2 Maratona de Praia Grande, com amigos que só conhecia virtualmente, e com a maior cara-de-pau, de carona !!!!! Foi uma manhã agitada, com muita alegria e corrida.

No outro domingo, fui correr a Maratona de Revezamento Pão de Açucar com meus antigos amigos de corrida, aqueles do comecinho... mais uma manhã, embora muuuuito frrria, agitada, com muita alegria e corrida.
Esses momentos são eternos, a emoção de viver um dia com a novidade ou a emoção de reviver um dia do passado, é que nos mantem vivos, sentindo o coração saltitando de alegria, acelerado nas passadas, pulsando a simplicidade de estar em ótima companhia !!!


quinta-feira, 12 de agosto de 2010

POR RESPEITO OU MEDO ???????


Nesse fim-de-semana, me deparei com uma frase, duas vezes, em duas situações distintas, em dias seguidos e talvez por ter se repetido ficou martelando na mente...
Ei-la : "Não se deve maltratar ninguém, você pode precisar dela amanhã..." de forma resumida, essa é a idéia central da dita cuja.
Num primeiro momento refutei : não, não se deve maltratar pessoa alguma, com ou sem motivo, e a educação e o respeito ???? Ninguém me deu ouvidos... e quando fui dormir me entristeci. Num momento da minha vida, deixei de dizer alguns desaforos para um médico porque temia que precisasse dele novamente naquela UTI... não foi respeito, foi medo e pensando agora, mesmo tendo todos os motivos não deveria gritar ou xingar, apenas reclamar na administração sua falta de atenção numa emergência na UTI...
As pessoas olham torto, e reclamam quando cachorrinhos são maltratados... afinal ninguém vai precisar deles amanhã... mas existe amor por esses bichinhos tão leais e carinhosos...
O ser humano pode não ser leal, carinhoso, divertido, obediente, mas tem um coração igual ao seu, sente, e mais que sentir pensa e sabe dos seus defeitos, seus limites e erros.
Então, vou continuar falando, mesmo sem ser ouvida, que não se deve maltratar pessoa alguma, porque isso é uma agressão, e agressões só se justificam se for para se defender, maltrato não tem justificativa, é isso que martela, agora, no meu coração...